ALTERAÇÕES DO NOVO OE 2020 PARA O SETOR AUTOMÓVEL

Error message

  • Warning: Illegal string offset '#form_id' in drupal_retrieve_form() (line 845 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Warning: Illegal string offset '#type' in drupal_prepare_form() (line 1010 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Warning: Illegal string offset '#build_id' in drupal_prepare_form() (line 1025 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Warning: Illegal string offset '#build_id' in drupal_prepare_form() (line 1029 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Warning: Illegal string offset '#build_id' in drupal_prepare_form() (line 1030 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Warning: Illegal string offset 'form_build_id' in drupal_prepare_form() (line 1027 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Notice: Array to string conversion in drupal_prepare_form() (line 1027 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Warning: Illegal string offset 'form_id' in drupal_prepare_form() (line 1068 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Notice: Array to string conversion in drupal_prepare_form() (line 1068 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Warning: Illegal string offset '#id' in drupal_prepare_form() (line 1079 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Warning: array_merge(): Argument #1 is not an array in drupal_prepare_form() (line 1082 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Warning: array_merge(): Argument #1 is not an array in drupal_prepare_form() (line 1083 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Notice: Undefined index: #parents in form_builder() (line 1867 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Warning: implode(): Invalid arguments passed in form_builder() (line 1867 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).
  • Notice: Undefined index: process_input in drupal_process_form() (line 891 of /usr/home/renaultgest/www/includes/form.inc).

Do imposto automóvel à tributação autónoma, saiba o que muda em 2020



Desde o imposto automóvel, passando pelo imposto único de circulação até à tributação autónoma, são algumas as mudanças previstas relacionadas com os automóveis, tanto para empresas como para particulares. Saiba que irá mudar com a aprovação do Orçamento de Estado para 2020.



Os impactos das mudanças previstas no OE na Fiscalidade Automóvel



Em termos de fiscalidade automóvel são estabelecidas algumas alterações com impactos diretos nos consumidores, sejam Particulares ou Empresariais.



No que respeita ao sector automóvel os impactos tendem a ser positivos quer para os consumidores Particulares quer para as Empresas, principalmente os mais preocupados com o ambiente.



Existem no entanto casos em que algumas das medidas previstas são desfavoráveis tanto numa perspetiva do consumidor Particular, do consumidor Empresa, bem como de qualquer agente económico cuja atividade seja a comercialização de automóveis.



O impostos que vão impactar nos consumidores de automóveis



Desde logo as alterações previstas no imposto de selo automóvel, o chamado Imposto Único de Circulação (IUC) e que estará mais caro em 2020, uma vez que será atualizado de acordo com o nível de inflação estimada em 2019. Esta medida afeta consumidores Particulares e Empresas.



De igual modo, também o Imposto Sobre Veículos (ISV) sofre um ligeiro aumento através das variáveis referentes às cilindradas e às emissões de CO2, indo ao encontro de uma maior preocupação e consciencialização para a temática ambiental. Inclusive neste último caso, prevê-se que neste Orçamento de Estado se estabeleça o fim do regime transitório da redução percentual das emissões dos automóveis, passando a aplicar-se aos automóveis as novas tabelas de referência ambiental, através do novo ciclo de homologação de consumos e emissões: o WLTP (Worldwide harmonized Light vehicles Test Procedure). Com estas alterações promove-se a eficiência ambiental, passando esses veículos a pagar menos impostos. Ou seja, as preocupações e consciencialização ambiental deverão cada vez mais impactar a taxa de tributação automóvel tanto para os Particulares como para as Empresas.



Outro imposto sobre veículos automóveis que afeta habitualmente, ainda que indiretamente, qualquer consumidor é o ISP (Imposto sobre Produtos Petrolíferos) que apesar de não estar prevista qualquer alteração, mantém-se o adicional ao imposto quer na gasolina, quer no gasóleo. No entanto quando os consumidores forem “à bomba” verão o preço por litro ser agravado pela atualização dos valores referentes à Taxa de Carbono, num valor de 2,5 cêntimos mais IVA por cada litro de combustível.



Por último, de notar que também a Inspeção Periódica Obrigatória (IPO) sofrerá um aumento indexado à taxa de inflação prevista, entre 0,25% a 0,30%.



Os impostos com maior impacto nas frotas das Empresas



Apesar de haver a possibilidade de algumas das medidas mencionadas neste texto e principalmente as que se seguem, virem a sofrer ajustes, por via da apreciação e discussão na especialidade do documento que terminará no dia 6 de Fevereiro de 2020, com a votação final global, é relevante salientar os três impostos que maior impacto terão nas Empresas:



Consulte aqui as Oportunidades Renault Gest de financiamento para Empresas



A) O Imposto Único de Circulação (IUC) , por força da promoção da consciencialização para as questões ambientais, tende a estar cada vez mais na mira de ajustes, quer pela via da atualização da taxa de inflação anual, quer neste caso específico do Orçamento de Estado para 2020, pela manutenção da contribuição adicional de IUC sobre veículos a gasóleo das categorias A e B.


B) A Tributação Autónoma , através das suas diversas vertentes, será um dos impostos que mais sofre alterações e cujos impactos tendem a ser mais positivos para as Empresas. Desde as alterações aos limites nos encargos com viaturas, chegando mesmo a estar previsto, no documento aprovado na generalidade na Assembleia da República no passado dia 10 de Janeiro de 2020, a anulação de agravamentos a este imposto.


C) Finalmente, o tão impactante IVA (Imposto Sobre Valor Acrescentado), que apesar de se prever que mantenha inalteradas as taxas atualmente em vigor, bem como as suas incidências, deve, ainda assim, ter-se em atenção que a aplicação deste imposto irá sofrer algumas alterações, que impactarão diretamente o sector automóvel, como por exemplo o facto de se prever vir a ser dedutível o IVA respeitante à eletricidade adquirida para viaturas elétricas ou híbridas plug in.


Consulte o seu Contabilista Certificado para informação mais detalhada sobre a dedução do IVA, bem como a elegibilidade da sua atividade para este tema.

 

Procura uma solução de financiamento para a sua frota? Peça-nos uma proposta à medida do seu negócio, teremos muito gosto em preparar-lhe uma proposta de financiamento Renault, ou Dacia.

Partilhar em


Pedido de Informação Renault Gest
Tipo de Pedido
Li e aceito os termos e condições e política de privacidade. Aceito ser contactado por telefone/SMS e Email. Aceito ser contactado para recolha de dados pessoais adicionais necessários à apresentação de produtos e serviços RCI, bem como à transferência dos mesmos para um concessionário Renault.

Os dados pessoais facultados serão utilizados para processamento dos seus pedidos e para fins de marketing. A utilização dos seus dados para fins de aconselhamento, envio de comunicações relativas a ações comerciais e de marketing, tal como a gestão dos seus pedidos poderá pressupor a transmissão dos mesmos a empresas do Grupo RCI, aos Fabricantes Renault Portugal S.A., rede de Concessionários e/ou a terceiros que prestem serviços à luz de um contrato de prestação de serviços com a RCI Banque Sucursal Portugal.

O utilizador poderá em qualquer momento optar por não autorizar que os seus dados sejam utilizados para fins de Marketing alheios aos pedidos de informação inicialmente solicitados pelo utilizador e que os seus dados não sejam cedidos aos Fabricantes.

Qualquer informação que o utilizador facilite através do presente Site será incorporado num ficheiro de propriedade da RCI Banque Sucursal Portugal. O utilizador poderá exercer os seus direitos de acesso, retificação e oposição, legalmente reconhecidos, através do envio de e-mail para o endereço: rg.cliente@rcibanque.com ou através de carta remetida ao Departamento Jurídico da RCI Banque em Lagoas Park Edifício 4, piso 0, 2740-267 Porto Salvo.

X
Pedido de Informação Renault Gest
Aceito os termos e condições e que o meu contacto seja transmitido a um concessionário Renault perto de mim para me prestar mais informações.

Os dados pessoais facultados serão utilizados para processamento dos seus pedidos e para fins de marketing. A utilização dos seus dados para fins de aconselhamento, envio de comunicações relativas a ações comerciais e de marketing, tal como a gestão dos seus pedidos poderá pressupor a transmissão dos mesmos a empresas do Grupo RCI, aos Fabricantes Renault Portugal S.A., rede de Concessionários e/ou a terceiros que prestem serviços à luz de um contrato de prestação de serviços com a RCI Banque Sucursal Portugal.

O utilizador poderá em qualquer momento optar por não autorizar que os seus dados sejam utilizados para fins de Marketing alheios aos pedidos de informação inicialmente solicitados pelo utilizador e que os seus dados não sejam cedidos aos Fabricantes.

Qualquer informação que o utilizador facilite através do presente Site será incorporado num ficheiro de propriedade da RCI Banque Sucursal Portugal. O utilizador poderá exercer os seus direitos de acesso, retificação e oposição, legalmente reconhecidos, através do envio de e-mail para o endereço: rg.cliente@rcibanque.com ou através de carta remetida ao Departamento Jurídico da RCI Banque em Lagoas Park Edifício 4, piso 0, 2740-267 Porto Salvo.

RCI Bank and Services Portugal 2740-267, HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO: Das 09:00 às 12:30 h. e das 14:00 às 18:00 h. Contacto 0
Lagoas Park Edificio 4 Portugal, PORTO SALVO
Phone: +351 21 030 8509
X
SIMULACIÓN
GENERAR SIMULACiÓN